Avaliação da infiltração marginal em dentes humanos e bovinos com dois diferentes sistemas adesivos

Alexandre M. de Resende, Sérgio E. de P. Gonçalves

Abstract


O selamento marginal constitui-se em um dos principais obstáculospara as restaurações adesivas, principalmente quando novos tratamentos são propostos para esmalte e/ou dentina. Este estudo tem por finalidade analisar a capacidade de selamento marginal de dois sistemas adesivos atuais, um com primer autocondicionante (Clearfil Liner Bond 2V) e o outro com condicionamento ácido total (Excite), e comparar a performance dos mesmos em dentes humanos e bovinos, frente ao teste de microinfiltração. Para isto, foram utilizados vinte terceiros molares humanos e vinte incisivos bovinos. Foram preparadas cavidades de classe V em todos os dentes que após a aplicação dos sistemas adesivos foram restauradas com resina composta. Os espécimes foram impermeabilizados com esmalte para unhas, com exceção de 1,0mm ao redor das restaurações, termociclados (300 ciclos variando de 5 a 55oC) e imersos em solução de nitrato de prata a 50% por 24 horas. Após análise da microinfiltração em lupa estereoscópica e teste estatístico de Kruskall-Wallis ao nível de significância de 5%, constatou-se que o sistema adesivo Excite apresentou a maior infiltração em esmalte de dentes bovinos, Clearfil foi o que melhor selou a mergem gengival em dentes humanos e bovinos; dentes humanos e bovinos se comportaram de maneira semelhante frente ao Excite, porém em relação ao Clearfil houve diferença estatisticamente significante.



DOI: https://doi.org/10.14295/bds.2002.v5i3.223